scatlife.com

Memorial JK

Inaugurado no dia 12 de setembro de 1981, data do aniversário de nascimento de Juscelino, é o único dos monumentos de Brasília onde se paga quantia simbólica como ingresso. O prédio é administrado pela família do ex-presidente, “o brasileiro do século”, que não deixou fortuna. Alguns pontos do Memorial devem ser observados, como o enorme tapete arraiolo (ponto da mais tradicional tapeçaria de Minas Gerais, terra natal do ex-presidente) e outros tantos espalhados no ambiente. O sistema de alarme infravermelho da biblioteca é poderoso e eficiente. A cripta do túmulo do ex-presidente inspira refletir sobre uma frase dele, registrada num dos painéis que adornam o escritório, no térreo: “Tudo se transforma em alvorada nesta cidade que se abre para o amanhã”.

Escolha uma categoria