scatlife.com

Turismo Náutico

Turismo Náutico

Criado em 1959 como moldura do Plano Piloto de Brasília, ao qual daria graça e ainda mais beleza, o Lago Paranoá é considerado ideal para a realização de eventos náuticos por sua largura, comprimento, tipo de margens, posicionamento e regime de ventos — e ainda pela infra-estrutura para grandes espetáculos, como proximidade urbana, telecomunicações e hotelaria.

Sua extensão apresenta índice de balneabilidade (águas próprias para banho) de 93% do total dos 38 quilômetros quadrados — o que corresponde a 5,7 mil campos de futebol — e 600 milhões de metros cúbicos de água. O contorno soma 84 quilômetros e o acesso à orla é livre, garantido por lei. Essas águas foram recuperadas na década de 90, por uma série de ações públicas destinadas à preservação do ambiente aquático. Desde então, merecem absoluta atenção oficial. A visibilidade hoje alcança 3 metros. Ao redor dele, existem 40 clubes, que geram cerca de 10 mil empregos diretos e onde é possível praticar esportes, como vela e esqui aquático.

Passa de 6 mil o número de embarcações registradas — ou seja, Brasília é dona da terceira maior frota do País, superada apenas pelas do Rio e de São Paulo. Os investimentos já realizados na orla do Lago fazem dele um emergente pólo econômico, com muitas oportunidades de negócios: o parque aquático Bay Park (R$ 12 milhões), o Pontão (R$ 19 milhões), o Pier 21 (R$ 45 milhões) e o Complexo Alvorada (R$ 144 milhões). Cada vez mais limpo, o Lago Paranoá começou a despertar o interesse dos praticantes de mergulho, que encontram nas suas águas um ponto ainda pouco explorado: os vestígios da construção de Brasília, que vão de objetos de valor a uma antiga vila de pioneiros, a Vila Amauri, encoberta quando o espelho d’água atingiu seu nível ideal.

Fica no rumo da Vila Planalto, a cerca de 100 metros dali, em linha reta, na direção da Ponte JK. As águas são próprias para banho, recreação, esporte, turismo, regatas, competições, passeios (diurnos e noturnos), pesca amadora, windsurfe e vela. Tem ainda um sem-número de outras programações, como a Procissão Náutica Dom Bosco, a Corrida das Pontes e até competições extravagantes, como medir quem consegue passar maior tempo nas águas. Com o florescer de novos negócios, foram instalados o restaurante flutuante L’Isola; o Cozinha Brasil (self service no Clube do Congresso onde se pode chegar de barco que sai da Concha Acústica), o bar Digão, que funciona próximo à Barragem do Paranoá, e até um motel flutuante, batizado de Barco do Amor.

Escolha uma atração
    Não há atrações cadastradas para essa categoria
Escolha uma categoria